quarta-feira, 1 de março de 2017

O FLISOL Blumenau 2017 acontece no dia 08 de Abril

O Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISOL) é o maior evento de divulgação de Software Livre da América Latina. Ele acontece desde 2005 e seu principal objetivo é promover o uso de software livre, apresentando sua filosofia, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral.

O FLISOL é um evento totalmente gratuito, ou seja, não é necessário pagar nenhuma taxa de inscrição para participar do "install fest" e das palestras.

Este ano irá acontecer no dia 08/04 em todo o Brasil e em Blumenau será realizado na FURB contando com o apoio do CALCOMP e do Hackerspace Blumenau. 

Estamos em busca de palestranstes e pessoas que queiram ajudar no InstallFest e na organização do evento. Para isso pedimos que preencha o formulário aqui para enviar sua proposta.

Confira mais informações diretamente na página do FLISOL 2017 Blumenau aqui.

YouTube anuncia serviço pago de TV com canais ao vivo por US$ 35,00


O YouTube anunciou nesta terça-feira (28) que irá lançar um serviço de TV com pacotes de canais ao vivo, em um desafio direto à TV a cabo e por assinatura.
O YouTube TV foi pensado para os jovens que buscam notícias, filmes e mais programas sem assinar o serviço por cabo ou satélite, explicou a diretora executiva da plataforma da Google, Susan Wojcicki.
Como informa a agência AFP, o novo serviço permitirá aos assinantes nos Estados Unidos ter acesso em qualquer dispositivo conectado a redes como ABC, CBS, Fox e NBC, além de canais de esporte e dezenas de canais a cabo populares, informou o YouTube.
O lançamento do YouTube TV está previsto para os próximos meses, a um custo de US$ 35 mensais, com seis contas de usuário permitidas por assinante, posicionando-se para competir com os pacotes básicos da Sling TV (Dish Network) e DirecTV Now (AT&T).
"O YouTube TV foi criado especificamente para as necessidades de uma nova geração de fãs de TV, que desejam assistir ao que quiserem, quando quiserem, como quiserem, sem compromisso", assinalou Susan em entrevista coletiva transmitida da sede do YouTube, na Califórnia.
O produto também oferecerá conteúdo original da própria plataforma além das tradicionais emissoras da televisão norte-americana. O pacote básico terá 40 canais, mas haverá outros, como o Showtime, que poderão ser contratos pelos usuários com um adicional na mensalidade.
Segundo a agência EFE, além do conteúdo ao vivo, o YouTube TV permitirá que os programas sejam gravados pelos espectadores na nuvem. Em evento realizado em Los Angeles, o Google demonstrou o novo produto. O YouTube TV tem uma interface básica que permite que o usuário mude com facilidade da programação ao vivo para os conteúdos gravados ou baseados em recomendações.
O YouTube TV, disse Wojcicki, surge como resultado das três fases vividas pela televisão: o sucesso da TV a cabo, o surgimento dos vídeos online e a popularização dos smartphones, equipamento que levou a televisão para o bolso das pessoas.
O diretor de produtos do YouTube, Neal Mohan, disse que o YouTube TV é uma oportunidade de reinventar como a televisão funciona.
https://tv.agroales.com
Agroales TV - O canal do agronegócio

Confira mais detalhes no site G1

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Aplicação da inteligência artificial no Judiciário é tema de Encontro organizado pela Enfam


Em evento realizado nesta segunda-feira (20), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reuniu instituições públicas do setor jurídico, representantes de empresas da área de tecnologia e pesquisadores para discutir a aplicação da inteligência artificial na Justiça brasileira.
O debate foi organizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e teve como coordenador científico o ministro Villas Bôas Cueva. “Pretendemos fazer o primeiro ensaio de uma política pública voltada para o desenvolvimento da inteligência artificial, sempre buscando a melhoria da prestação jurisdicional”, afirmou o ministro.
Soluções caseiras 
O procurador federal Eduardo Lang, da Advocacia-Geral da União (AGU), apresentou o programa Sapiens, criado pela instituição. Em uso desde 2013, a plataforma foi desenvolvida a partir de código aberto e sem o pagamento de licenças.
Segundo Lang, o alto volume de trabalho levou a instituição a buscar soluções para dar conta da demanda processual. “Cada advogado recebe mais de mil intimações por mês, e sem o Sapiens seria impossível dar conta de O gerenciador de documentos eletrônicos identifica de forma automática processos repetidos, analisa acórdãos para sugerir possíveis recursos e preenche automaticamente campos como o nome das partes e o endereço para correspondências, entre outros itens.
Para Eduardo Lang, todos os tribunais do país podem adotar serviços parecidos, utilizando a inferência estatística para racionalizar os processos de trabalho e obter celeridade processual.
O procurador Marcos Silva Costa, do Ministério Público Federal, também apresentou uma solução caseira que vem otimizando o trabalho no MPF: o sistema Aptus. Segundo o procurador, a ferramenta funciona como uma espécie de “Google” do Ministério Público.
O sistema foi desenvolvido a partir de dados repassados pela Segunda Câmara Criminal do MPF, em mais de 130 mil pareceres em habeas corpus apresentados no STJ. O Aptus foi calibrado para extrair dados por meio de inteligência artificial. Sem qualquer tipo de intervenção humana, o sistema consegue identificar, por exemplo, qual foi o membro do MP que assinou o parecer, quem foi o relator do caso, a decisão de admissibilidade, a turma na qual foi julgado, o mérito, as partes, o número, etc.
“Eu acho importante compatibilizar o que se pode desenvolver com sua equipe, capacitar muito bem esse serviço interno, até para que, nas negociações com esses grandes atores privados, você saiba compreender qual o valor do serviço”, disse o procurador.
Marcos Costa citou como exemplo um registro de preço do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, feito em 2013, no qual a Google cobrou R$ 800 mil para indexar 2 milhões de documentos por ano. Segundo ele, hoje, no Aptus, existem 60 milhões de documentos indexados, sendo que tudo foi desenvolvido por uma equipe de três pessoas e com menos R$ 100 mil.
TST
O secretário de tecnologia da informação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Tiago Peixoto, apresentou uma experiência de padronização e catalogação de acórdãos no tribunal, feita para auxiliar a distribuição de processos e a triagem para os gabinetes.
A indexação de diversos temas permitiu ao tribunal aprimorar o processo de triagem, com reflexos na produtividade do TST.  O processo, segundo o gestor, cadastra palavras chave para cada tema, analisando automaticamente os julgamentos sobre cada assunto, economizando tempo para todo o tribunal.
Academia
Também participaram do debate os professores Juliano Maranhão (USP); Paulo Furquim (Insper/SP) e Víctor Nóbrega (FGV). Os acadêmicos apresentaram pesquisas desenvolvidas em inteligência artificial e destacaram a importância de uma maior aproximação entre o Judiciário e a academia para utilizar os resultados desse trabalho no aumento da produtividade da Justiça.
Juliano Maranhão destacou que o objetivo não é substituir os agentes inteligentes, mas trazer ferramentas que possam ajudar o operador jurídico a se concentrar no trabalho que exige mais criatividade, virtude tipicamente humana.
Os professores falaram de aplicações que podem ser utilizadas na identificação de litigâncias repetitivas; mecanismos mais eficientes de busca de legislação e precedentes; detecção e extração de argumentos, triagem de processos, etc.
Cautela
Luiz Cláudio Allemand, conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, reconheceu que “esse é um caminho sem volta” e que a inteligência artificial é uma realidade à qual o Judiciário precisa se adequar. Ele ponderou, contudo, que é preciso cautela nessa aproximação entre Judiciário e instituições desenvolvedoras de soluções em inteligência artificial.
“Preocupa muito a confidencialidade desses dados, principalmente em se tratando de nuvem. Os dados são do Poder Judiciário, isso é preocupante. Preocupa também a segurança da informação”, disse.
Ao encerrar o evento, o ministro Villas Bôas Cueva disse ter ficado surpreso com a multiplicidade de ideias e pontos de vistas diferentes apresentados. Segundo ele, é preciso prosseguir com o debate para encontrar as melhores soluções. “Espero que possamos em breve nos reunir para continuar essa jornada”, declarou.
Fonte: Secretaria de Comunicação Social/STJ

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Rhythmbox, um aplicativo para reproduzir e organizar a sua coleção de músicas no Linux

Rhythmbox no Fedora 25

Rhythmbox é um aplicativo de gerenciamento de músicas, projetado para funcionar bem sob o ambiente GNOME. Além de músicas armazenadas em seu computador, há suporte a compartilhamentos de rede, podcasts, streams de rádio, dispositivos de música portáteis (incluindo telefones), e serviços de músicas na Internet tal como SoundCloud, Last.fm e Magnatune.

Conheça mais detalhes sobre esse aplicativo visitando sua página oficial aqui.

sábado, 28 de janeiro de 2017

Sua árvore genealógica com Gramps!

Gramps um software de genealogia livre e rico em recursos!

Gramps é um projeto de software livre e comunidade. Um programa de genealogia produzido para que seja intuitivo para hobbyists e com recurso completo para genealogistas profissionais. É um projeto comunitário, criado, desenvolvido e governado por genealogistas.

Cada pessoa tem sua própria história, mas também fazem parte de uma história coletiva da família. Gramps dá-lhe a capacidade de gravar os muitos detalhes da vida de um indivíduo, bem como as relações complexas entre várias pessoas, lugares e eventos. Toda a sua pesquisa é mantida organizada, pesquisável e tão precisa quanto você desejar.

Abaixo está um resumo de como Gramps ajuda você a organizar e analisar sua história familiar.
  • Gramplets
    Um painel para ajudá-lo a monitorar o progresso de sua pesquisa. Uma variedade de widgets fornece análise rápida de seus dados e muito mais.
  • Pessoas
    Uma lista de cada indivíduo em seus registros com datas de nascimento / morte e muito mais.
  • Relacionamentos
    Um resumo dos pais, irmãos, cônjuges e filhos da pessoa ativa.
  • Famílias
    Uma lista de cada grupo familiar com nomes de pais, status de relacionamento e, se aplicável, datas de casamento.
  • Ancestração
    Uma representação gráfica da ascendência da pessoa ativa com fotos e datas de nascimento / morte.
  • Eventos
    Uma lista de cada evento em seus registros com descrições, tipos de eventos, datas e lugares.
  • Locais
    Uma lista de todos os lugares em seus registros com nomes de locais e detalhes de local.
  • Geografia
    Uma visualização interativa do mapa que destaca os lugares associados a uma pessoa, a um grupo de pessoas ou a todas as pessoas nos seus registros.
  • [X] Ícone MISSING; Agora usado por citações ... Fontes
    Uma lista de todas as fontes referenciadas em seus registros com autores e detalhes de publicação.
  • Citações
    Uma lista de todas as citações referenciadas em seus registros com qualidade, data, volume e página.
  • Repositórios
    Uma lista de repositórios de origem referenciados em seus registros com endereços da web, endereços físicos e informações de contato de e-mail.
  • meios de comunicação
    Uma lista de todas as fotos, vídeos e outras mídias referenciadas em seus registros com visualização em miniatura, tipo de mídia e muito mais.
  • Notas
    Uma lista de todas as notas de texto incluídas em seus registros com o tipo de nota e visualização.
Gramps é disponibilizado nas principais distribuições linux por padrão. Visite o site do projeto e conheça mais sobre o programa.

Site do projeto: https://gramps-project.org/ 

iDempiere uma suíte ERP/CRM de capacidade global e opensource!



iDempiere Business Suite ERP / CRM / SCM feito de maneira opensource por uma comunidade global. O foco de desenvolvimento do software está na Comunidade, que inclui especialistas no assunto, os implementadores e usuários finais do mundo todo.

iDempiere é baseado nos originais Compiere / Adempiere além de uma nova arquitetura de usar tecnologias state-of-the-art como OSGi, Buckminster, zk.

É um software multiplataforma com suporte para:
  • Linux
  • MAC
  • Solaris
  • Windows
Para implementar o sistema é requerido:
Para maiores informações sobre o ERP visite o site iDempiere.org e conheça em detalhes o que o software oferece e baixe uma cópia para avaliação/implementação.

GnuCash, programa para contabilidade gratuito!



O GnuCash é um programa de contabilidade pessoal e para pequenos negócios, licenciado gratuitamente sob GNU GPL e disponível para GNU/Linux, BSD, Solaris, Mac OS X e Microsoft Windows.

Desenhado para ser fácil de usar, mas poderoso e flexível, o GnuCash permite controlar contas bancárias, ações, receitas e despesas. Tão rápido e intuitivo como um livro de cheques, é baseado em princípios contabilísticos profissionais, para garantir livros saldados e relatórios precisos.

Visite o site do projeto no endereço abaixo e confira as diversas funcionalidades que o programa tem a oferecer, sendo ótima opção para contabilidade pessoal, contadores autônomos e pequenos escritórios de contabilidade.

Acesse o site GnuCash.org

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Google e Facebook terá que pagar por uso de dados de seus clientes, é o que pensa a Telefónica


Telefónica propõe que seus usuários possam controlar os dados e monetizar seu lucrativo uso por parte dos grandes grupos de internet

A operadora espanhola Telefónica está trabalhando na criação de uma plataforma que permitirá a seus usuários cobrar dinheiro de gigantes da internet como Google, Apple e Facebook pelo uso de seus dados pessoais, anunciou a empresa.

Em meio a uma batalha pelo controle dos dados privados, a Telefónica propõe que seus usuários possam controlar os dados e monetizar seu lucrativo uso por parte dos grandes grupos de internet americanos.

Para isto, a operadora espanhola trabalha na criação de uma plataforma que permitirá "tomar todos dos dados para oferecê-los aos clientes" e que recuperem seu controle, afirmou à AFP um porta-voz da companhia.

"A ideia é que os clientes possam saber quais dados possuem e qual o seu valor, e que o cliente decida o que fazer com eles, ou seja, quais deseja compartilhar e quais não", explicou a fonte.

De acordo com o site do jornal El País, o objetivo é que a plataforma esteja operacional em 2017.

A iniciativa aponta diretamente para Google, Apple e Facebook, esta última proprietária do aplicativo de mensagens Whatsapp, que conquistaram fortunas colossais graças ao uso gratuito e em massa de dados.

O negócio dos metadados representa um mercado de ponta, que movimenta milhões de dólares. A gestão, no entanto, provoca preocupação entre os usuários.

Nas última semanas foram criadas páginas em sites especializados que explicam como fazer para impedir que o Whatsapp compartilhe os dados de seus usuários com o Facebook.

O Whatsapp tem um bilhão de usuários. Sua iniciativa, anunciada no fim de agosto, consiste em transmitir os dados ao Facebook para que os usuários desta rede social recebam uma publicidade mais personalizada, em função do que o Whatsapp conhece de seus usuários.

Primeiro caixa eletrônico de Bitcoin 100% brasileiro é lançado


Máquina permite fazer depósitos em dinheiro para carteira da moeda virtual. Primeira unidade da BitcoinToYou se encontra em Betim, MG

A Bitcointoyou é a primeira startup brasileira a lançar o primeiro caixa eletrônico 100% brasileiro a ser comercializado! Os caixas de Bitcoins são semelhantes aos tradicionais, permitindo depósitos em dinheiro. “É bem simples, após abrir uma conta na Bitcointoyou, o cliente digita o CPF no caixa e faz o depósito em dinheiro vivo, que fica disponível na conta como real ou é convertido em Bitcoin na hora, conforme a preferência do cliente”, explica André Horta, diretor da BitcoinToYou. Com o saldo, será possível pagar contas, boletos e fazer transferências por meio do aplicativo da empresa.

Para Horta, além de ser um atrativo para um público ansioso por novidades tecnológicas, os caixas de Bitcoins surgem como alternativa para uma parcela ainda grande da população brasileira que não utiliza serviços bancários – ou não está satisfeita com os que tem à disposição. “É uma continuação do propósito original do Bitcoin, de ser uma opção, mas se antes a moeda era vinculada a entendidos de tecnologia, hoje ela se apresenta como alternativa real àqueles carentes de respaldo bancário”, conta o empresário.

O primeiro caixa eletrônico de Bitcoin, desenvolvido com tecnologia 100% brasileira, está localizado na sede da BitcoinToYou em Betim (MG). Os próximos chegam ainda em setembro a São Paulo e Brasília. Com o objetivo de alcançar 10 máquinas até o final do ano e 100 em 2017, a empresa também venderá os caixas para o varejo, promocionalmente pelo valor de R$ 4.999,00, se tornando o ATM mais barato do mundo a ser comercializado no Brasil.

Outra grande novidade do ATM é ser multiplataforma, ou seja, apesar de ser criado pela Bitcointoyou, ele permite que outras empresas se integrem ao caixa eletrônico, similar a uma caixa da Rede 24 horas, aonde é possível operar vários bancos pelo caixa eletrônico.

OpenOffice pode estar chegando ao fim por falta de desenvolvedores


Alternativa open source ao Microsoft Office soltou apenas uma atualização em 2015 e até sugeriu que usuários migrassem para rival LibreOffice recentemente.

O OpenOffice, uma das mais conhecidas alternativas open source ao pacote Microsoft Office, pode chegar ao fim pela falta de desenvolvedores. As informações são do Ars Technica.

Isso porque os líderes do projeto acreditam que não existam desenvolvedores suficientes para manter o pacote de produtividades devidamente atualizado para os usuários.

“Na minha opinião, não existe uma oferta pronta de desenvolvedores que possuem a capacidade, habilidade e vontade de completar o trabalho de cerca de meia dúzia de voluntários que mantém o projeto de pé”, afirmou o VP do Apache OpenOffice, Dennis Hamilton.

Apesar de nada ter sido definido sobre o assunto, Hamilton, que se reporta para a diretoria da Apache Software Foundation (ASF), afirma que “a aposentadoria do projeto é uma possibilidade séria”.

E uma das razões para esvaziamento está no LibreOffice, outra alternativa open source para o software da Microsoft. Lançado em 2011, o Libre recebe updates constantes, enquanto que a última atualização liberada para o OfficeOffice data do já longínquo mês de outubro de 2015, quando soltaram a versão 4.1.2 do pacote.

Esse, aliás, foi o único lançamento do OpenOffice em 2015, após receber apenas dois updates em 2014. Para efeito de comparação, o LibreOffice recebeu nada menos do que 14 atualizações apenas no ano passado.

A falta de updates compromete a segurança dos usuários. Exemplo disso é que o próprio OpenOffice liberou um aviso em julho sobre uma vulnerabilidade de segurança que não tinha solução - as soluções sugeridas pela equipe do app consistiam em justamente usar os já citados LibreOffice ou Microsoft Office - mais tarde, em agosto, a organização liberou um patch para esse bug específico no OpenOffice.

Fonte: IDGNOW!

IBM firma parcerias para levar computação cognitiva para dentro de nossas casas


Companhia anunciou que trabalhará com Panasonic e Whirpool para acrescentar capacidades do Watson aos produtos das empresas parceiras

Não contente em ajudar na busca pela cura do câncer e ganhar o jogo Jeopardy, o sistema de computação cognitiva da IBM quer estar dentro de nossas cabeças e nossas casas, "sussurrando" instruções em óculos sem fio e nos ajudando a lavar a roupa.

Essa a mensagem que a chefe global do Watson IoT da IBM, Harriet Green, deu em palestra na IFA em Berlim. 

A IBM trabalhará com a fabricante de eletrodomésticos Whirpool e a Panasonic, além da empresa de headphones sem fio Bragi e fabricante de eletrônicos Withings (comprada recentemente pela Nokia) para acrescentar as capacidades computacionais cognitivas do Watson aos seus produtos, anunciou a companhia. 

E em resumo, essas capacidades poderiam ajudar os dispositivos a conversarem um com os outros ou com seus próprios usuários. 

Por exemplo, uma máquina de lavar poderia dizer a secadora qual programa usar para as roupas que acabaram de ser lavadas ou dizer ao usuário quando comprar mais sabão. Técnicas de visão computacional poderiam ajudar câmeras de segurança a distinguir entre amigos e estranhos ou identificar atividades suspeitas. E processamento de linguagem natural e capacidades de texto-para-discurso poderiam permitir que fones de ouvido sem fio traduzissem ou lessem instruções de manuais quando as mãos estiverem ocupadas.

O Watson já está ativo no campo da saúde, identificando opções de tratamento para pacientes com câncer, mas a Nokia está buscando como poderia acrescentar novas capacidades aos dispositivos de monitoramento de saúde da Withings para ajudar a manter o controle de pessoas doentes ou idosos. 

O projeto é chamado de “Aging in Place”, algo como Envelhecer Bem, disse Cedric Hutchings, fundador da Withings e agora vice-presidente da divisão de saúde digital da Nokia. Ele demonstrará como tecnologias conectadas para a saúde podem ajudar a monitorar a saúde de pacientes em casa.

Fonte: IDGNOW!

Especial: como a Inteligência Artificial mudará nossas vidas até 2030


Cientistas projetam impacto da tecnologia no transporte, educação, segurança. Todas as áreas serão afetadas pelas máquinas inteligentes

Até o ano de 2030, a Inteligência aArtificial (I.A.), terá mudado a nossa forma de ir para o trabalho, de cuidar da nossa saúde e de como nossos filhos serão educados.

Esse é o consenso entre especialistas acadêmicos e de tecnologia que participam no estudo "One Hundred Year Study on Artificial Intelligence", da Universidade de Stanford.

Focado em tentar prever os avanços da Inteligência Artificial, bem como os desafios éticos decorrentes, o grupo divulgou esta semana o seu primeiro relatório: “Artificial Intelligence and Life in 2030". Aborda temas como saúde, segurança, entretenimento, educação, robôs de serviço, transporte e comunidades pobres - e tenta prever como as tecnologias inteligentes afetarão a vida urbana.

Os pesquisadores esperam que, ao pensar sobre o futuro, eles possam antecipar as mudanças - os benefícios e os problemas - que a Inteligência Artificial pode trazer, para que cientistas e legisladores possam estar melhor preparados para lidar com eles.

É sabido e alardeado que a Inteligência Artificial pode levar a mudanças significativas no mercado de trabalho, com o uso crescente de como robôs e sistemas inteligentes assumindo postos de trabalho mais qualificados, bem além daqueles mais operacionais, incluindo processos decisórios.

Os robôs já estão maciçamente presentes no ambiente industrial, mas estamos apenas começando a ver sua aplicabilidade em serviços. Muitas atividades do setor de serviços serão realizadas por robôs. 

Por outro lado, soluções de Inteligência Artificial (Deep Learning, Processamento de Linguagem Natural, Computação Cognitva, etc) vão abrir novos postos de trabalho. O primeiro deles será o dos analistas de dados, necessários para dar sentido a todas as informações geradas a partir sistemas inteligentes.

O trabalho deve começar agora para descobrir como ajudar as pessoas a se adaptarem durante o rápido processo de mudanças pelo qual a economia passará, quando empregos existentes serão perdidos e os novos serão criados.

"Até agora, a maioria do que se sabe sobre Inteligência Artificial vem de livros de ficção científica e filmes ", disse Stone. "Este estudo fornece uma base realista para discutir como as soluções de Inteligência Artificial vão afectar a sociedade".

Quanto mais cedo entendermos os impactos das mudanças, mais preparados estaremos. 

Por fim, tece considerações sobre os cuidados a serem tomados durante o processo, partindo do princípio de que o objetivo das aplicações de inteligência Articial deva ser sempre o de criar valor para a sociedade.

Cuidados devem ser tomados para aumentar e melhorar as capacidades humanas e a interação, e para evitar a discriminação e determinados segmentos da sociedade. 

As políticas públicas e de governança deverão primar por assegurar a equidade, segurança, privacidade e minimizar os impactos sociais do uso crescente de sistemas inteligentes.

Fonte: IDGNOW!

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Novo aplicativo conecta o seu aparelho Android com o PC Linux


Por meio do KDE Connect, é possível sincronizar notificações entre as duas máquinas e até responder mensagens SMS a partir do computador.

O Linux agora consegue sincronizar notificações do seu aparelho Android e responder mensagens SMS. A novidade funciona igual a Cortana faz entre PCs e smartphones Windows 10, e o recurso Continuity, da Apple, com Macs e iPhones.
Apesar do nome, o KDE Connect não é apenas para os usuários do KDE Plasma desktop. Você pode instalar o KDE Connect em qualquer ambiente desktop de Linux. Depois disso, só precisará fazer o mesmo com o app KDE Connect no Android.
Com o KDE Connect no seu PC Linux e aparelho Android, você poderá conectá-los. As notificações que receber no seu smartphone vão aparecer no PC. Caso recebe um SMS no celular, também poderá visualizar e respondê-lo a partir do Linux. 
O KDE Connect também oferece outros recursos úteis, como a habilidade de impulsionar comandos customizados e usar seu smartphone como um controle remodo para mídia. A conexão é feita sem nenhum servidor - seu celular e PC se conectam diretamente um com outro usando criptografia TLS pela rede local.
Esse aplicativo está em desenvolvido há anos, e o projeto lançou recentemente a versão 1.0 do KDE Connect, que adicionou o aguardado recurso de leitura/resposta de SMS, assim como critpgrafia forte. O app consegue até enviar notificações do seu PC para o celular.
O Kubuntu Backports PPA deve receber o pacote mais recente do KDE Connect 1.0 em breve, facilitando a instalação no Ubuntu 16.04 LTS.

Fonte: IDGNOW!

Sebrae abre 480 vagas para cursos gratuitos sobre tecnologia


Há opções de capacitação em administração de redes, manutenção de computadores e estratégias de marketing digital.

O Sebrae-SP está com 480 vagas abertas para quem quer se capacitar para trabalhar por conta própria no setor de informática. Os cursos são gratuitos e estão disponíveis em todo o Estado de São Paulo dentro do Super MEI, programa recém-lançado pela entidade e voltado à qualificação do Microempreendedor Individual (MEI).
Entre as opções de capacitação estão formação inicial em instalador e reparador de redes de computador, em manutenção de máquinas copiadoras e impressoras e em montagem e manutenção de computadores, e ainda em estratégias de marketing digital.
"É uma ótima oportunidade para aprender uma profissão ou se aperfeiçoar no segmento e se preparar para ter um negócio regularizado no ramo", indica a associação, sinalizando que, ao todo, o Super MEI oferece 50 mil vagas em 164 cursos de capacitação em 18 áreas de atuação como beleza, alimentos e bebidas, automotivo, comércio varejista, etc.
O participante do programa passa por quatro etapas. Na primeira, ele se formaliza como MEI, caso ainda não esteja regularizado. Em seguida, tem aulas de gestão empresarial, assiste a aulas específicas de uma determinada atividade em que aprende o ofício ou aprimora o que já faz, e, por fim, tem a oportunidade de oferecer seu produto ou serviço em um site e um aplicativo, numa espécie de catálogo virtual que vai lhe permitir aparecer para o público consumidor.
Em cerca de duas semanas, o empreendedor completa o Super MEI, recebe certificado do Sebrae-SP e fica apto a atuar profissionalmente com qualificação comprovada.
Os cursos - oferecidos pelas unidades do Centro Paula Souza, órgão do governo estadual responsável pelas Fatecs e Etecs, e pelo Senac - são ministrados preferencialmente no período noturno, a fim de viabilizar ao profissional trabalhar durante o dia. O atendimento do Super MEI é realizado em todo o Estado e interessados de cidades próximas àquelas que oferecem os cursos também podem participar.
As inscrições para o Super MEI podem ser realizadas pelo site supermei.sebraesp.com.br, pela Central de Atendimento 0800 570 0800 e nos Escritórios Regionais do Sebrae-SP.
Atualmente, existem mais de 1,6 milhão de MEIs no Estado de São Paulo. O MEI é o indivíduo que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário, desde que seu faturamento seja de, no máximo, R$ 60 mil por ano. 

Fonte: IDGNOW!

Busca do Google para Android agora encontra dados "escondidos" em apps


A partir de agora, aplicativo móvel de buscas da empresa também faz pesquisas dentro de aplicativos, incluindo Gmail, YouTube e Spotify.

Primeiro o Google criou um local centralizado para busca a web. Agora a empresa fez o mesmo no seu aparelho Android. Isso porque a companhia acaba de anunciar um novo recurso do seu aplicativo chamado de Apps.
Como o nome sugere, a nova ferramenta permite que o usuário busque por conteúdos dentro dos aplicativos Android, como uma música, contato ou uma nota no Google Keep.
Antes, no entanto, é preciso deixar claro que a novidade só funcionará com alguns aplicativos, como Gmail, Spotify e YouTube. O Google pretende adicionar nomes como Evernote, Facebook Messenger, Glide, Google Keep, LinkedIn e Todoist nos próximos meses.
Todas as buscas pelos apps acontecem no seu próprio aparelho, e não nos servidores do Google, o que significa que não é preciso uma conexão com a Internet para usar o recurso.
Não está claro a frequência com que o app vai indexar seu conteúdo nem quanto o processo vai afetar a bateria e o desempenho do seu smartphone Android. 

Fonte: IDGNOW!

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Glen Barber do projeto FreeBSD anunciou a disponibilidade da segunda RC (Release Candidate) versão de desenvolvimento do próximo sistema operacional FreeBSD 11.0.

O desenvolvimento do FreeBSD 11.0 continua em um ritmo rápido, e parece que algumas melhorias foram feitas desde primeiro Release Candidate da semana passada , como a re-implementação do apoio de "nat global" em IPFW, IPv6 do FreeBSD e IPv4 firewall stateful.

A lista de mudanças continua com uma melhor detecção de pontes de rede que não são capazes HotPlug, correções adicionais para o apoio compilador LLVM / Clang, mais construir melhorias, bem como a incapacidade de L2 cache para o User Datagram Protocol (UDP) sobre IPv6 protocolo.

Por último, mas não menos importante, FreeBSD 11,0 Release Candidate 2 está aqui para resolver um problema de pendurar em vtnet, FreeBSD's VirtIO Ethernet driver, o que pode ter ocorrido quando a configuração max_virtqueue_pairs foi definido para VTNET_MAX_QUEUE_PAIR. É claro, vários outros pequenos bugs reportados por usuários desde RC1 foram corrigidos também.

Se você está pensando em tomar este segundo Release Candidate do próximo sistema operacional FreeBSD 11,0 para um test drive, informamos que as imagens ISO estão agora disponíveis para download para 64 bits (amd64), 32-bit (i386), ARMv6 , ARM64 (AArch64), PowerPC (PPC), PPC64 (PowerPC 64-bit), e arquiteturas de hardware SPARC64.

No entanto, por favor, tente manter em mente que esta é uma versão de pré-lançamento do sistema operacional, o que significa que não é adequado para ser usado em ambientes de produção. O ciclo de desenvolvimento do FreeBSD 11,0 continuará com o terceiro e, provavelmente, a última versão RC. A versão final do FreeBSD 11.0 deve sair em 09 de setembro de 2016.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Liberado atualização estável do CoreOS 1068.10.0 juntamente com novas imagens ISO para todas plataformas suportadas


De acordo com as notas de lançamento, CoreOS 1068.10.0 é alimentada pelo Kernel Linux 4.6.3, que infelizmente, chegou ao final da vida com a atualização de manutenção do Kernel Linux 4.6.7. No entanto parece que o novo ramo do Kernel Linux 4.7 já vem sendo utilizado nas etapas de desenvolvimento do CoreOS alfa e beta.

Entre outros componentes atualizados incluídos no CoreOS 1068.10.0, podemos notar o systemd 229, para o qual uma afirmação de temporizador foi fixado, execução do App Container rkt 1.7.0, motor de aplicação Docker Container 1.10.3, sistemas distribuídos fleet 0.11.7, bem como ETCD 0.4.9 e pacotes de descoberta de serviço 2.3.2.

Por último, mas não menos importante, a versão estável CoreOS 1068.10.0 corrige a opção nameserver de análise no daemon networkd do systemd para gerenciar configurações de rede, aborda um problema de cálculo de execução do timer em systemd e melhora a capacidade de resistência da journald para erros ENOSPC.

Como mencionado antes, CoreOS 1068.10.0 é a última versão estável da distribuição GNU / Linux orientadas para a segurança utilizado para criar e manter projetos de código aberto para Linux Containers (LXC).Você pode baixar a imagem ISO CoreOS 1068.10.0 agora e verificar a página do projeto para o Beta mais avançado e Alpha.

Usuários Ubuntu 16.04 LTS, 14.04 LTS e 12.04 LTS recebem atualização de kernel com correções de segurança

Imediatamente depois de informar sobre a disponibilidade de uma nova atualização de kernel para o Ubuntu 16.04 LTS a Canonical o alerta de segurança para a atualização de kernel do Ubuntu LTS 14.04 e Ubuntu 12.04 LTS.

A Canonical libera atualização de kernel para seus sistema operacional nas versões 16.04, 14.04 e 12.04 com as correções de várias falhas de segurança descobertas recentemente pelos desenvolvedores do Kernel Linux.

De acordo com estes avisos de segurança, parece que um total de cinco vulnerabilidades no kernel foram abordadas nos pacotes do Ubuntu 14.04 LTS e três na do Ubuntu 12.04 LTS, e os usuários que possuem estas versões instaladas devem efetuar a atualização de seus PC's imediatamente.

Há correções para um vazamento de informações em Datagram Sockets (RDS) aplicação de confiança do Linux Kernel, um buffer overflow baseado em pilha no driver USB HID, uma falha na implementação de TCP (Transmission Control Protocol), uma condição de corrida MIC VOP e alguns problemas com plataforma PowerPC.

Como esperado, a Canonical recomenda que todos os usuários de seus sistemas operacionais; Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr) e Ubuntu 12.04 LTS (Precise Pangolin), bem como qualquer derivado suportado para atualizarem seus sistemas para linux-image-3.13.0-95 (3.13. 0-95,142) e linux-image-3.2.0-109 (3.2.0-109.150) o mais rápido possível.

Claro, se você estiver usando o Ubuntu 12.04.5 LTS ou Ubuntu 14.04.5 LTS, você vai ter kernels atualizados também, mas em versões diferentes. Para atualizar verificar o seu sistema e siga as instruções disponíveis em https://wiki.ubuntu.com/Security/Upgrades , e não se esqueça de reiniciar o computador depois o novo kernel foi instalado.